Escolha o queijo menos calórico para saborear com a chegada do frio

queijos_interna

Comer queijo é sempre uma delícia e o que não falta são opções no mercado, com sabores e modos de preparo diferentes. E com a chegada do frio, ele parece cair ainda  melhor como um petisco, acompanhado por uma bebida quente ou como lanche. Mas, você sabe qual a diferença nutricional entre eles? Conhece os benefícios que cada um pode oferecer à sua saúde, se consumidos na quantidade correta?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) deve-se ingerir, no mínimo, um litro de leite por dia, o que equivale a 1000 miligramas de cálcio. Para adquirir essa quantidade em queijo, a pessoa pode ingerir, por exemplo, 100 gramas de provolone, que têm até mais de 1000 miligramas de cálcio – ou consumir 100 gramas de queijo minas mais 40 gramas de queijo prato.

Queijo branco

O queijo branco é o mais recomendado por especialistas, pois é o que possui menos gorduras, além de reunir proteínas (contribui na formação dos músculos), vitaminas A (antioxidante), D (aumenta a imunidade) e B (mantém a saúde de olhos, pele e cabelo), e minerais, como fósforo e cálcio (para ossos e dentes fortes). Além disso, o queijo branco regula o intestino e protege a flora intestinal por conter probióticos, micro-organismos que equilibram as bactérias do intestino.

Outras opções

Entre os queijos amarelos, a muçarela é o mais indicado. Apesar de gorduroso, este queijo possui densidade energética um pouco menor. Em relação aos queijos mais duros e amarelos, não há muito como fugir, são todos bastante gordurosos e ricos em sódio, devendo ser evitados e consumidos com moderação.

Veja abaixo o que cada tipo de queijo mais oferece:

queijos

 Foto: Fábio Mangabeira /  Infográfico: G1 (Reprodução)

Os comentários estão fechados.