Notícias

Meningite

publicado em 21 de Outubro de 2011

SES-MG anuncia vacinação contra Meningite

Moradores de Ouro Branco serão vacinados contra meningite bacteriana, a partir desta segunda-feira (24).

por Wander Veroni

A partir desta segunda-feira (24), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) começa a vacinar contra meningite bacteriana os moradores da cidade de Ouro Branco. A vacinação será voltada para as pessoas de 04 a 30 anos de idade e, principalmente, para trabalhadores abrigados em alojamentos coletivos das empresas mineradoras.

De acordo com informações da SES-MG, no período entre janeiro e outubro de 2011, foram notificados, até o momento, 793 casos de meningite em Minas Gerais.  Em Ouro Branco foram nove casos, sendo que dois faleceram (no mês de agosto e outubro). Outras dezessete pessoas estão internadas com suspeita de meningite, pois apresentaram alguns sintomas comuns à doença. Em Congonhas foi confirmado apenas um caso.

Segundo o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, na manhã dessa quinta-feira (20), foi realizada uma reunião técnica com representantes da Prefeitura de Ouro Branco, quando se decidiu pelo bloqueio vacinal. “Estudos epidemiológicos comprovam que a meningite é mais comum em crianças, porém como ocorreu esse surto localizado em Ouro Branco, será executado um bloqueio vacinal mais ampliado, melhorando a imunidade da população com a vacina. Todas as medidas necessárias para conter o surto foram tomadas”, disse o secretário.

“Há uma rigorosa vigilância. Realizamos a quimioprofilaxia (bloqueio por antibiótico quando se identifica a bactéria circulante ou restrita a um universo territorial) nos dias 14 e 15 de outubro, em 1200 trabalhadores. Embora nem todos tenham tido contato direto com os pacientes contaminados, todos receberam o medicamento por precaução”, explicou Antônio Jorge.

Em tempo

A meningite é causada por uma bactéria chamada Neisseria meningitidis. Essa bactéria tem formato arredondado e usualmente encontra-se aos pares (diplococo). Nos últimos anos, dentre os casos de doença em que se conseguiu determinar o sorogrupo, o tipo mais prevalente em Minas Gerais foi o sorogrupo C. De acordo com especialistas, a doença é transmitida de uma pessoa a outra por meio de gotículas de secreção que são eliminadas durante a fala, a tosse, os espirros, os vômitos etc. Geralmente a infecção ocorre por inalação ou contato direto com essas gotículas.