O que é a infecção intestinal e quais os sintomas?

Uma das principais condições e mais comuns em diversas regiões do mundo, a infecção intestinal ainda é motivo de dúvidas no que diz respeito a sua prevenção. Assim, será que uma condição tão comum é possível de ser evitada?

Em geral, quando falamos de algo relacionado a infecção, quase sempre é decorrente de um hábito não realizado. Por exemplo, não lavar as mãos antes de ingerir um alimento.

Por isso, no artigo de hoje vamos falar tudo que envolve a infecção intestinal, como prevenir e quais são os seus sintomas principais. Dessa forma, fica mais claro a forma como a doença se estala e como ela pode ser evitada.

O que é infecção intestinal

infecção intestinal o que é

A infecção intestinal é uma condição que aparece após consumir alimentos ou bebidas que estão contaminados com microorganismos. Assim, ataca diretamente o sistema imunológico e causa uma forte sensação de mal-estar.

Em sua maior parte, os casos são simples e tratados com um pouco de água e repouso constante, normalmente deixando a pessoa de cama por mais ou menos três dias. É importante ressaltar, inclusive, que caso os sintomas persistam é melhor buscar um médico.

Por ser uma doença que ataca o sistema, é natural que pessoas que já sofram com outras condições estejam mais propícias a ter uma infecção intestinal. Entretanto, é uma condição bastante comum e dificilmente é determinada por algo já existente.

Os agentes que causam a infecção são parasitas, fungos, vírus, bactérias, entre outros. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, mais ou menos dois milhões de crianças morrem por infecção intestinal.

Ou seja, apesar de ser uma doença muito simples, as crianças possuem um sistema de proteção ainda pouco desenvolvido, causando naturalmente uma maior probabilidade de infecções. Por isso, quando ocorre, acaba sendo bem mais forte do que deveria.

No que diz respeito ao tempo de sintomas, diferente dos adultos, o ideal é que para crianças esse tempo de espera é de apenas dois dias. Assim, passando disso e os sintomas ainda existentes, deve ser consultado por um médico imediatamente.

Com isso, caso seja tratado da maneira correta e de forma rápida, dificilmente causa algum tipo de complicação.

Sintomas da infecção intestinal

O que é a infecção intestinal e quais os sintomas? 1

Os sintomas da infecção intestinal são muito conhecidos, ainda mais por já serem comuns para diversas doenças diferentes. Normalmente, os principais sintomas são:

  • Vômito;
  • Dor de cabeça;
  • Febre alta;
  • Perda de apetite;
  • Dor constante na região do abdômen;
  • Diarreia;
  • Presença de sangue nas fezes;
  • Gases.

O fato dos sintomas serem muito comuns acaba muitas vezes dificultando de saber o que é de fato que pode estar ocorrendo. Mesmo assim, já é comum que a primeira aposta seja de fato a infecção intestinal, já que é algo extremamente corriqueiro.

Os sintomas de presença de sangue na fezes e a febre mais alta são os mais difíceis de ocorrer, mas todos os demais são bem comuns e costumam ocorrer ao mesmo tempo. Por isso, o ideal é buscar assistência médica antes que os sintomas se tornem mais fortes.

O que causa a infecção intestinal?

De maneira geral, a infecção intestinal é causada pela presença de organismos no alimento ou na bebida de cada pessoa. Em geral, ocorre sem muito aviso prévio, visto que é difícil saber quando a produção de determinado alimento foi feita da forma errada.

O que é a infecção intestinal e quais os sintomas? 2

Assim, podemos destacar como principal organismo as bactérias, sendo que as principais são:

  • Salmonela;
  • Escherichia;
  • Listeria;
  • Bacillus;
  • Clostridium.

Além das bactérias, é possível citar também os parasitas e vírus, sendo que no primeiro grupo se destacam a Giardia Lamblia, Entamoeba e o Toxoplasma. Já no lado dos vírus, os três principais são o de hepatite A, rotavírus e norovírus.

Sabendo disso, é possível perceber que a infecção intestinal não tem muito critério sobre em quem vai atacar, bastando que a pessoa entre em contato com alimentos contaminados. Entretanto, é possível perceber também que alguns grupos estão mais sujeitos.

Se estamos falando de microorganismos que atacam o sistema, pessoas como crianças e idosos, que possuem um sistema imunológico mais fracos, estão mais sujeitos a presença da infecção.

Da mesma forma, existem outros grupos de risco como gestantes e pacientes da AIDS ou do câncer. Em geral qualquer doença que deixe o corpo de alguma forma mais frágil contribuem para a infecção.

Por isso, se esse for o seu caso, o ideal é evitar ao máximo comer fora de casa e sempre se certificar sobre a procedência dos alimentos ingeridos. Assim, a chance de ocorrer uma infecção é menor, o que pode ajudar a evitar complicações nos quadros já existentes.

Além dos grupos específicos, pessoas que usam medicamentos como Omeprazol também precisam estar atentos, por conta da atuação desses remédios. Afinal, são substâncias que diminuem a acidez do estômago.

Ou seja, é mais difícil de conseguir combater os vírus de forma totalmente natural.

Como prevenir

Por ser uma condição que vem a partir de alimentos e bebidas, sua prevenção é bem mais simples do que pode parecer. Na verdade, são alguns cuidados básicos de higiene e de cuidado pessoal.

O que é a infecção intestinal e quais os sintomas? 3

Em geral, podemos citar, principalmente:

  • Consumo de água apenas filtrada ou pelo menos fervida;
  • Lavar as mãos antes de pegar qualquer alimento e também depois;
  • Não consumir carnes mal passadas;
  • Após usar o banheiro, lavar muito bem as mãos;
  • Ao entrar em contato com animais domésticos, lavar as mãos com sabão.

Além desses, qualquer outra atitude que de alguma forma contribua para uma higiene própria já pode ser considerado como uma prevenção. Normalmente, os casos de infecção intestinal ocorrem principalmente por um deslize nos cuidados básicos.

Por conta disso, é importante que se tenha um cuidado recorrente, principalmente para quem está dentro dos grupos de risco citados anteriormente. Afinal, não apenas a infecção intestinal, mas diversas outras condições são adquiridas por falta desses cuidados.

Para saber mais sobre a infecção intestinal, assista o vídeo abaixo do doutor:

Esse artigo te ajudou? Deixe seu voto!

2 - 1

Obrigado pelo seu voto!

Desculpe, mas você ja votou!