O que é um tumor? O que causa tumores? Como é o Tratamento

O tumor é um tipo de doença complexa que gera muita preocupação às pessoas e seus familiares. Também chamados de neoplasmas ou neoplasias, os tumores são causados por alterações celulares. Existem dois tipos de tumores, os benignos e os malignos. Ao identificar que uma pessoa está com essa doença, é feito um exame para identificar o caráter do tumor, chamado de biópsia.

Qual a diferença? Basicamente, o tumor maligno é composto por células cancerígenas, ao contrário dos tumores benignos. O diagnóstico correto é importante para a escolha da abordagem eficiente no tratamento do tumor

Os tumores são tratáveis e dependendo do caso, é possível que o paciente seja recuperado. Mas é importante lembrar que é uma condição perigosa, dependendo de onde está localizado, do seu tamanho e se tem capacidade de se espalhar para outros órgãos.

Para entender de vez o que  são tumores, como se formam e os possíveis motivos para essa doença, acompanhe este conteúdo. Explicaremos detalhadamente como todo este processo acontece.

Geralmente, no tratamento, é preciso fazer uma ou mais cirurgias. São procedimentos delicados, mas que conseguem resultados satisfatórios. Entenda também como essas cirurgias são feitas e o papel delas no tratamento dos tumores.

O que é um tumor?

São alterações de células que provocam o aumento anormal de tecidos corporais. Os tumores são causados por uma subdivisão excessiva no corpo. Significa dizer que a produção de células acontece de maneira desordenada.

Entenda melhor: no ciclo celular, o normal é uma célula nascer, auxiliar o corpo  e morrer quando não consegue mais desempenhar suas funções. A partir disso, outra nasce e esse processo se repete diversas vezes durante a vida.

Quando isso não acontece e o corpo não percebe, o tumor é formado e vai crescendo mais a cada dia. Nos tumores benignos, esse crescimento é lento, organizado e limitado. Também não invade outros órgãos e não são células cancerígenas.

Já os tumores malignos, que são mais delicados e complexos, são formados por um crescimento desordenado, com células diferentes da dos tecidos e podem voltar a aparecer mesmo depois de serem retirados por cirurgia.

Como é o tratamento?

o que é um tumor causas e tratamento

O tratamento é multidisciplinar. Ou seja, diversos profissionais atuam no acompanhamento de pacientes com tumores. Tudo depende do tipo de tumor, localização e possíveis variações.

Um médico especializado indicará quais os próximos passos. Mas geralmente, o tratamento é feito por radioterapia, quimioterapia, com transplantes ou cirurgias. Cada caso exige uma abordagem diferente.

É comum encontrarmos pacientes que precisam passar pela cirurgia de retirada do tumor – seja maligno ou benigno. Neste momento, uma parte do procedimento é feita para retirá-lo, outra para reconstruir a área afetada.

Após essa intervenção, a quimioterapia ou radioterapia podem ser solicitadas para a destruição das células cancerosas. 

O que causa tumores?

As causas podem ser diversas. Entretanto, existe uma combinação de fatores, porque raramente, a doença se desenvolve apenas por uma causa. Podem ser situações externas e internas que propiciam uma pessoa a ter um tumor.

Quando dizemos causas internas, nos referimos a predisposição genética, alterações hormonais e outras situações biológicas. Já os fatores externos, são dados por exposição a substâncias químicas e à radiação.

Também pode acontecer por infecção de um vírus ou consumo excessivo de álcool e cigarros. Os tumores podem ser silenciosos, já que não apresentam sintomas nos primeiros meses. Isso dificulta o diagnóstico precoce e, consequentemente, o tratamento da doença. Por isso, é recomendado fazer exames periódicos, sobretudo se tiver histórico familiar.

Quando o tumor está em um estágio avançado, pode apresentar alguns sinais. Então, ficar atento é muito importante. Quando essa doença se dá nos pulmões, por exemplo, o paciente pode sentir falta de ar, dores no peito e tossir bastante.

Já no sistema gastrointestinal, é possível ter perda de peso, diarreia, constipação e sangue nas fezes. Mas cuidado: nem sempre o tumor apresenta sintomas, faça os exames regularmente e esteja atento aos sinais.

Nós do Hospital Sobrapar, tratamos tumores menores (como Carcinoma, Basocelular e Espinocelular, que estão ligados à exposição solar), além de tumores ósseos e da infância (como o Teratomas).

É muito importante ressaltarmos que, em caso de suspeita, é necessário procurar um oncologista. A ajuda de um profissional especializado é imprescindível para obter o melhor prognóstico nesta condição.